CEBIMar/USP - Extensão

Laboratório Aquarela - Extensão

O papel do fitoplâncton marinho no ciclo de carbono. Parte I: a diversidade de espécies 

No planeta Terra, diversos elementos e compostos químicos indispensáveis para o desenvolvimento e sobrevivência dos organismos circulam através dos ambientes marinhos, terrestres e da atmosfera.. Uma desses elementos, o carbono, está presente na composição de todas as formas de vida conhecidas. Assim, o carbono que agora compõe as células dos organismos, pode ser liberado para a atmosfera na forma de gás carbônico (CO2) quando o organismo é decomposto. A incorporação do CO2 de volta aos organismos vivos, se dá inicialmente pelos vegetais da Terra, que ao fazerem fotossíntese o transformam em matéria orgânica. Os vegetais são então consumidos por animais, e o ciclo se fecha. Todavia,  o que chamamos de “O Ciclo Global do Carbono” envolve outras etapas complexas. O gás carbônico presente na atmosfera é resultado de processos biológicos, físicos e químicos  (Fig. 1), e parte dele entra nos oceanos na forma dissolvida. Na verdade, a atmosfera e os oceanos são gigantescos reservatórios de carbono no planeta e são vários os fatores que influenciam as trocas de carbono entre os oceanos e a atmosfera,

Joomla 1.6 Templates designed by Joomla Hosting Reviews