Projetos de pesquisa finalizados

Acesso a área restrita.

Entre para cadastrar ou atualizar seus projetos de pesquisa ou submeter novas solicitações de apoio a projetos.
Obter nova senha - Receber nome de usuário por e-mail - Criar uma conta

Projeto de pesquisa


  • Espongina derivada de esponja marinha para o tratamento de osteoartrite

     
  • Coordenador do projeto: Ana Claudia Renno  
  • Autor ou executor principal do projeto: Ana Claudia Renno  
  • Número do projeto: 939  
  • Categoria: Projeto autônomo 
  • Data de início das atividades no CEBIMar: 15/03/2016  
  • Data de término das atividades no CEBIMar: 28/12/2016  
  • Resumo: Diferentes estratégias terapêuticas vêm sendo empregadas para prevenir e/ou diminuir os danos articulares na tentativa de amenizar os efeitos da osteoartrite.  Dentre eles, podemos destacar o uso de fármacos, exercícios terapêuticos, terapia intra-articular e até mesmo tratamento cirúrgico. Ainda, o ambiente marinho vem ganhando um destaque por ser um ecossistema complexo com uma grande biodiversidade capaz de nos fornecer matéria prima para o desenvolvimento de novos produtos terapêuticos para serem utilizados na área da saúde. Nesse contexto, alguns extratos e/ou produtos derivados de organismos marinhos podem constituir uma alternativa promissora para serem utilizados para prevenir e/ou atenuar os efeitos da OA.
    Dentre os organismos marinhos que vem sendo estudados para a extração de princípios ativos podemos citar as esponjas, corais, macroalgas e outros microorganismos, que apresentem a possibilidade de gerar princípios ativos podendo revelar assim substâncias eficientes sobre alvos biológicos terapeuticamente atraentes (LEYS & HILL, 2012).
    As esponjas são organismos marinhos de maior interesse nas pesquisas biomédicas (Bell e Barnes et al., 2001). O principal motivo para a utilização das esponjas é a sua composição, formada por parte mineral e parte orgânica, a espongina, que é análoga ao colágeno tipo XIII com composição em aminoácidos semelhante à do colágeno dos vertebrados (LIN et al., 2011).
    O colágeno juntamente com a água, proteoglicanos e outras proteínas foram a matriz extracelular da cartilagem articular. A composição e a complexa organização estrutural entre os proteoglicanos e colágeno garantem algumas características< 
  • Metodologia: Este estudo propõe a avaliação da citotoxicidade, da genotoxicidade, da biocompatibilidade, da condutividade de scaffolds manufaturados a partir de diferentes espécies de esponjas marinhas, utilizando testes in vitro, com a introdução de scaffolds em cultura de células, e testes in vivo, com a implantação dos scaffolds em um modelo de osteoartrite em ratos. Assim, os estudos propostos englobarão desde ensaios com culturas de células de diversas origens, como as células de ovário de hamster chinês (linhagem CHO-K1), osteblastos e células endoteliais, como estudos experimentais em animais, constituindo uma análise extensiva e completa quanto ao processamento, a segurança e a eficácia das esponjas marinhas para uso como substituto do tecido cartilaginoso.
     
  • Etapas e cronograma: A primeira etapa do projeto constitui-se na obtenção das amostras de esponjas marinhas, para o qual solicita-se a colaboração e o auxílio dos profissionais do CEBIMAR.
    As etapas que seguem serão realizadas na Universidade Federal de São Paulo – campus Baixada Santista:
    A segunda etapa constituí-se na caracterização das amostras, em termos de sua estrutura física, morfologia de superfície, porosidade, características físico-químicas, bioatividade, mineralização em SBF e degradação in vitro.
    A terceira etapa compreende o estudo da performance biológica in vitro, por meio de diferentes testes de citogenotoxicidade e de testes de biocompatibilidade, osteocondutividade e osteogenicidade, com a introdução das esponjas em culturas de células de diferentes origens.
     
  • Palavras-chave: Espongina, colageno. 
  • Condições ambientais: Nenhuma condição especial ;   
  • Área necessária no laboratório: Solicita-se apenas a coleta de poríferos em ambiente marinho.  
  • Equipamentos de laboratório: Embarcação do CEBIMAR.  
  • Será necessário: Auxílio técnico para coleta de organismos ou observações de campo ;  Coleta antecipada de organismos ;  Utilização de embarcação do CEBIMar ;   

  • Outros serviços de laboratório: nenhum 
  • Organismos a serem coletados: 1) Aplysina fulva n=10 2) Aplysina caissara n=10 3) Chondrilla n=10  
  • Locais para coleta: canal de Sao Sebastiao  
  • Tipos de resíduos químicos e/ou infectantes a serem gerados durante o projeto: nenhum  
  • Quantidade de cada tipo de resíduo: nao se aplica
  • Periodicidade aproximada da geração dos resíduo: nao se aplica
  • Instituição(ções) de origem do projeto:

    • Outra instituição  Universidade Federal de Sao Paulo 
     
  • Participante(s) do projeto:

    • Nome: Renata Neves Granito  
    • Função no projeto: Co-orientador 
    • Início das atividades no projeto: 02/05/2016  
    • Fim das atividades no projeto: 01/12/2020  
     
  • Recurso(s) destinado(s) ao projeto:

    • Situação: Solicitado 
    • Agência de fomento: Fapesp 
    • Tipo de recurso: Auxílio á pesquisa 
    • Especificar o tipo de recurso: Fomento para o financiamento da pesquisa. 
    • Recursos em nome de: Ana Claudia Renno 
     

    Produção(ões) bibliográfica(s) gerada(s) pelo projeto:

    Total de produções bibliográficas: 0


  • Data de cadastro do projeto: 19/02/2016  
  • Data da última modificação: 10/03/2017  
Joomla 1.6 Templates designed by Joomla Hosting Reviews