Projetos de pesquisa finalizados

Acesso a área restrita.

Entre para cadastrar ou atualizar seus projetos de pesquisa ou submeter novas solicitações de apoio a projetos.
Obter nova senha - Receber nome de usuário por e-mail - Criar uma conta

Projeto de pesquisa


  • Ultraestrutura do espermatozoide de espécies de medusas (Scyphozoa e Cubozoa, Medusozoa, Cnidaria) do litoral brasileiro

     
  • Coordenador do projeto: André Carrara Morandini  
  • Autor ou executor principal do projeto: Gisele Rodrigues Tiseo  
  • Número do projeto: 910  
  • Categoria: Mestrado 
  • Data de início das atividades no CEBIMar: 03/01/2015  
  • Data de término das atividades no CEBIMar: 03/08/2016  
  • Resumo: A filogenia entre os diferentes grupos de Cnidaria permanece indefinida, uma vez que não há um consenso de quais são as relações entre as diferentes classes e ordens que compõem o filo. A espermiotaxonomia vem sendo utilizada como critério filogenético em diversos grupos de Metazoa. Para Cnidaria são poucos os trabalhos descrevendo a morfologia do espermatozoide em nível de microscopia de luz e de microscopia eletrônica de transmissão. Deste modo, o presente projeto visa descrever a morfologia geral e ultraestrutural dos espermatozoides dos Rhizostomeae Lychnorhiza lucerna e Cassiopea sp., do Semaeostomeae Chrysaora lactea (Scyphozoa), do Carybdeidae Tamoya haplonema e do Chirodropidae Chiropsalmus quadrumanus (Cubozoa). Adicionalmente serão enumerados os caracteres de cada uma das espécies, evidenciando possíveis sinapomorfias de cada grupo.A descrição das características gerais e ultraestruturais dos espermatozoides será baseada na presença e ausência de determinados caracteres já descritos em espermatozoides de Scyphozoa e Cubozoa. Esses caracteres serão avaliados de forma a verificar a sua adequação nas hipóteses concorrentes de relações entre os grupos Scyphozoa e Cubozoa. 
     
  • Metodologia: Espécies alvo 
    Para este estudo foram selecionadas as espécies Lychnorhiza lucerna (Família Lychnorhizidae, Ordem Rhizostomeae), Cassiopea xamachana (Família Cassiopeidae, Ordem Rhizostomeae), Chrysaora lactea (Família Pelagiidae, Ordem Semaeostomeae), Tamoya haplonema (Família Tamoyidae, Ordem Carybdeida) e Chiropsalmus quadrumanus (Família Chirodropidae, Ordem Chirodropida). 
    Coleta, Dissecção, Determinação do Estágio Gonadal e Coleta dos Tecidos
    Exemplares das espécies L. lucerna, C. lactea, T. haplonema e C. quadrumanus serão coletados próximos ao Centro de Biologia Marinha da Universidade de São Paulo (23°49,58'S 045°25,31'W) enquanto que a espécie Cassiopea sp. será coletada no Canal do Itajuru, Cabo Frio, RJ (22°52'32"S 42°01'07"W) nos meses de agosto a outubro de 2014 e durante o ano de 2015. As coletas ocorrerão manualmente de animais na superfície ou por meio de rede de arrasto. Os animais serão transportados vivos para os laboratórios do CEBIMar ou para o Laboratório de Cultivo e Estudos de Cnidaria em São Paulo. Os animais serão acondicionados em caixas plásticas, medidos, pesados e os tecidos alvos serão coletados e fixados para microscopia de luz e microscopia eletrônica de transmissão. 
      
  • Etapas e cronograma: De modo geral, as etapas do projeto são: Revisão bibliográfica (durante todo o período de dois anos); Coleta dos animais (segundo semestre de 2014 e 2015); Preparação e processamento das amostras de microscopia (ao longo dos dois anos), descrição dos caracteres (segundo semestre de 2015 e primeiro semestre de 2016), redação da dissertação e confecção de relatórios (segundo semestre de 2016), defesa da dissertação (agosto de 2016).
    Etapas a serem realizadas no Cebimar:   Coletas das espécies alvo com por meio de rede arrasto. As coletas serão realizadas ao longo de todo ano de 2015, com previsão de 3-4 coletas ao longo do projeto. Durante estas coletas, há a necessidade de estadia no CEBIMar de 2-4 dias, com utilização de pouca infraestrutura do local (manutenção do bichos vivos por algumas horas, para a dissecção e coleta dos tecidos alvo quando possível). 
  • Palavras-chave: Cnidaria, medusas, reprodução, espermiotaxonomia, espermatozoide, MET, DIC 
  • Área necessária no laboratório: Uma bancada pequena para dissecção dos bichos. 
  • Equipamentos de laboratório: balança, lupa, microscópio 
  • Será necessário: Auxílio técnico para coleta de organismos ou observações de campo ;  Utilização de embarcação do CEBIMar ;   

  • Outros serviços de laboratório: Nenhum solicitado. 
  • Organismos a serem coletados: Para este estudo foram selecionadas as espécies: - Lychnorhiza lucerna (Família Lychnorhizidae, Ordem Rhizostomeae), Nome popular: "repolho"; - Chrysaora lactea (Família Pelagiidae, Ordem Semaeostom 
  • Locais para coleta: Canal de são Sebastião 
  • Tipos de resíduos químicos e/ou infectantes a serem gerados durante o projeto: Não será gerado nenhum tipo de resíduo infectante. Os fixadores a serem utilizados serão preparadas pela responsável do projeto no departamento de zoologia e serão levados para o Cebimar somente para fixação dos materiais. 
  • Quantidade de cada tipo de resíduo: Nenhuma.
  • Periodicidade aproximada da geração dos resíduo: Nenhuma.
  • Instituição(ções) de origem do projeto:

    • USP. Instituto de Biociências  Departamento de Zoologia 
     
  • Participante(s) do projeto:

    • Nome: Henrique Alves dos Santos  
    • Função no projeto: Outra função 
    • Início das atividades no projeto: 25/04/2016  
    • Fim das atividades no projeto: 03/08/2016  
     
  • Recurso(s) destinado(s) ao projeto:

    • Situação: Concedido 
    • Agência de fomento: Fapesp 
    • Tipo de recurso: Bolsa 
    • Especificar o tipo de recurso:
    • Recursos em nome de: Gisele Rodrigues Tiseo 
     

    Produção(ões) bibliográfica(s) gerada(s) pelo projeto:

    Total de produções bibliográficas: 0


  • Data de cadastro do projeto: 03/12/2014  
  • Data da última modificação: 02/03/2015  
Joomla 1.6 Templates designed by Joomla Hosting Reviews