Projetos de pesquisa finalizados

Acesso a área restrita.

Entre para cadastrar ou atualizar seus projetos de pesquisa ou submeter novas solicitações de apoio a projetos.
Obter nova senha - Receber nome de usuário por e-mail - Criar uma conta

Projeto de pesquisa


  • Estudos de público e aprendizagem aplicados para promover a cultura científica sobre biodiversidade em uma proposta para a inclusão social nos centros e museus de ciências ligados ao patrimônio ambiental

     
  • Coordenador do projeto: Pedro Roberto Jacobi  
  • Autor ou executor principal do projeto: Roberta de Assis Maia  
  • Número do projeto: 905  
  • Categoria: Pós-doutorado 
  • Data de início das atividades no CEBIMar: 01/01/2015  
  • Data de término das atividades no CEBIMar: 01/07/2016  
  • Resumo: A importância dos espaços de educação não-formal para a Cultura Científica (CC) dos cidadãos é cada vez maior na sociedade contemporânea, assim como é crescente a consciência a respeito da necessidade de fomentar a CC como ferramenta de empoderamento a grupos socialmente vulneráveis. Entretanto, há poucos estudos voltados a compreender e incluir este público nas ações e políticas relacionadas a estes espaços. Nesse contexto, nossa proposta de pesquisa é caracterizar e identificar relações entre os espaços de educação não-formal e a CC de grupos socialmente vulneráveis, visando identificar elementos facilitadores da aproximação entre esse público e os museus/centros de ciências. Considerando que a formação da CC das pessoas resulta de um complexo conjunto de interações entre os saberes construídos por elas e as informações presentes nos diversos espaços socioculturais onde convivem, as questões gerais que direcionam a investigação podem ser resumidas a seguir: Como se caracteriza a CC de grupos sociais que vivem em situação de vulnerabilidade? Como os museus/centros de ciências participam do processo de formação da cultura científica destes grupos? Como estes espaços podem aproximar-se, acolher e contribuir para a formação da CC destes grupos sociais? Como articular ou estabelecer políticas públicas que favoreçam a inclusão social nesse contexto, considerando as relações entre Museu, Sociedade, Escola e Universidade? Nosso foco é no patrimônio ambiental, dada a relevância da correlação entre nossas questões e o tema.
     
  • Metodologia: Metodologia geral: Pesquisa-Ação (Thiollent 2011; Toledo & Jacobi 2013). Nossas investigações requerem a criação de ações que simultaneamente possibilitem a investigação e sejam disparadores da transformação pretendida. Para mapear a CC de grupos familiares e escolares oriundos de comunidades tradicionais e comunidades urbanas em situação de vulnerabilidade social e caracterizar o papel dos museus/centros de ciências ligados ao patrimônio ambiental na formação dessa CC, levantaremos dados para estabelecer relações entre os museus/centros de ciências, as famílias e a escola, conforme os eixos de investigação:
    1)       Representações Sociais (RS): realizaremos um diagnóstico das RS do público sobre biodiversidade (em correlação ao patrimônio ambiental) e sobre as instituições participantes do estudo. Adotaremos instrumentos quantitativos e qualitativos, articulando evocações livres sobre Biodiversidade a valores e emoções associados, em momentos que envolvem o contato com o público antes da visita, em seu cotidiano, e depois da visita, in loco (Curelaru et al 2012; Bauer & Gaskell 1999 e Foster 2011).
    2)       Estudos de Aprendizagem: Utilizaremos os trabalhos de Doris Ash, Sue Allen e JRène Rahm como fundamentos para a padronização da análise de conteúdo audiovisual em nossos estudos de aprendizagem (aspectos afetivos e cognitivos) e contaremos com a colaboração direta da pesquisadora Sue Allen (Exploratorium Museum)
     
  • Etapas e cronograma: ETAPA 1) Mapeamentos Pré-Visita: Selecionar os sujeitos participantes do estudo; Realizar coletas pré-visita; Realizar um diagnóstico geral das RS do público sobre biodiversidade e sobre as instituições participantes do estudo. ETAPA 2) Mapeamento Durante e Pós-Visita: Criar um programa de visita estimulada ao JBSP e ao CEBIMar-USP envolvendo órgãos públicos ligados a política nacional de assistência social; Realizar registros audiovisuais do público em interação com o espaço museal, durante a visita; Analisar os registros audiovisuais da visita; Realizar coletas de dados pós-visita das RS do público. ETAPA 3) Articulação entre os Momentos Pré, Durante e Pós-visita: Correlacionar os levantamentos pré, durante e pós-visita realizados, buscando identificar elementos facilitadores da aproximação entre o público-alvo e os museus/centros de ciências. CRONOGRAMA/trimestre: Definição, recrutamento e seleção dos sujeitos: 1, 2 e 3; Criação e validação dos instrumentos e realização de coletas pré-visita: 2 e 3; Análise dos dados pré-visita: 3 e 4; Definição de programas de visita estimulada ao JBSP e CEBIMar-USP: 4 e 5; Criação e validação dos instrumentos e coleta de registro audiovisual do público no espaço museal: 4, 5 e 6; Análise dos registros audiovisuais da visita: 5, 6 e 7; Coletas pós-visita e análise de dados: 6 e 7; Correlacionar levantamentos pré, durante e pós-visita: 7 e 8; Publicações: 3 e 4, 6 a 8.
     
  • Palavras-chave: Cultura Científica & Inclusão Social, Museus de Ciências & Patrimônio Ambiental, Representações Sociais, Aprendizagem, Biodiversidade 
  • Condições ambientais: Nenhuma condição especial ;   
  • Área necessária no laboratório: Não se aplica. Serão necessários apenas os mesmos espaços e infraestrutura já ocupados pelas atividades de visitação pública, a saber: área de tanques táteis, praia e costão rochoso e, eventualmente,  
  • Equipamentos de laboratório: Eventualmente: lupas e microscópios (para atividades didáticas em salas de aula). 
  • Outros serviços de laboratório: Não se aplica 
  • Organismos a serem coletados: Não se aplica 
  • Locais para coleta: Não se aplica 
  • Tipos de resíduos químicos e/ou infectantes a serem gerados durante o projeto: Não se aplica 
  • Quantidade de cada tipo de resíduo: Não se aplica
  • Periodicidade aproximada da geração dos resíduo: Não se aplica
  • Instituição(ções) de origem do projeto:

    • USP. Outro órgão  Faculdade de Educação / FE-USP 
    • USP. Outro órgão  Programa de Pós-graduação em Ciências Ambientais IEE-USP 
     
  • Participante(s) do projeto:

    • Nome: Alvaro Esteves Migotto  
    • Função no projeto: Outra função 
    • Início das atividades no projeto: 01/01/2015  
    • Fim das atividades no projeto: 01/07/2016  
    • Observações: A colaboração do Prof. Alvaro Migotto para o projeto é importante para a vigilância epistemológica das ações educativas, concernentes à biodiversidade, e para a supervisão técnica especializada dos registros audiovisuais, dada sua expertise em pesquisa e ensino sobre biodiversidade marinha e sua experiência em registro e edição audiovisual.
       
    • Nome: Luciano Douglas dos Santos Abel  
    • Função no projeto: Outra função 
    • Início das atividades no projeto: 01/01/2015  
    • Fim das atividades no projeto: 01/07/2016  
    • Observações: O projeto é uma pesquisa-ação que propõe a criação de acões que promovam inclusão social e ao mesmo tempo criem condições adequadas para realizar as investigações previstas a respeito do público em situação de vulnerabilidade social. Assim, é fundamental que as ações educativas, no CEBIMar, sejam realizadas em parceria com o educador Luciano Abel, tendo em vista sua experiência com o público que frequenta atualmente a instituição, e articuladas ao funcionamento do programa de visitação pública vigente, respeitando tempo e espaço disponíveis para a realização da pesquisa.
       
    • Nome: Nayana Munhoz Fernandez  
    • Função no projeto: Outra função 
    • Início das atividades no projeto: 01/01/2015  
    • Fim das atividades no projeto: 01/07/2016  
    • Observações: Nayana Fernandez é filmmaker especializada em antropologia da imagem, com experiência em parcerias com o meio acadêmico e imprensa. Ela é nossa colaboradora para registro e edição de imagens envolvendo o público-alvo do projeto.
       
     
  • Recurso(s) destinado(s) ao projeto:

    • Situação: Solicitado 
    • Agência de fomento: Fapesp 
    • Tipo de recurso: Bolsa 
    • Especificar o tipo de recurso: Reserva técnica  
    • Recursos em nome de: Roberta de Assis Maia 
    • Situação: A solicitar 
    • Agência de fomento: Outra agência. PRCEU-USP 
    • Tipo de recurso: Escolha o tipo de recurso 
    • Especificar o tipo de recurso: Fomento às Iniciativas de Cultura e Extensão. Próximo prazo para submissão: janeiro a março 2015. 
    • Recursos em nome de: Alvaro Esteves Migotto 
    • Situação: Solicitado 
    • Agência de fomento: Fapesp 
    • Tipo de recurso: Auxílio á pesquisa 
    • Especificar o tipo de recurso: Modalidade Projeto Temático.  
    • Recursos em nome de: Pedro Roberto Jacobi 
     

    Produção(ões) bibliográfica(s) gerada(s) pelo projeto:

    Total de produções bibliográficas: 0


  • Data de cadastro do projeto: 10/11/2014  
  • Data da última modificação: 02/03/2015  
Joomla 1.6 Templates designed by Joomla Hosting Reviews