Projetos de pesquisa finalizados

Acesso a área restrita.

Entre para cadastrar ou atualizar seus projetos de pesquisa ou submeter novas solicitações de apoio a projetos.
Obter nova senha - Receber nome de usuário por e-mail - Criar uma conta

Projeto de pesquisa


  • Modelagem de processos bio-físicos no Canal de São Sebastião e oceano adjacente

     
  • Coordenador do projeto: Aurea Maria Ciotti  
  • Autor ou executor principal do projeto: Sebastian Krieger  
  • Número do projeto: 894  
  • Categoria: Pós-doutorado 
  • Data de início das atividades no CEBIMar: 10/07/2014  
  • Data de término das atividades no CEBIMar: 30/06/2016  
  • Resumo: A presente proposta sugere um estudo de interações bio-físicas no Canal de São Sebastião e região costeira adjacente (24◦S–23,7◦ S, 45,6◦W–44,8◦W). O principal objetivo é descrever como processos biológicos respondem a variações do ambiente físico através de modelos ecológicos. As atividades serão divididas em três partes: caracterização hidrodinâmica, caracterização biológica, e desenvolvimento de modelo ecológico integrado. A dinâmica de fluidos da região de estudos será caracterizada com a implantação de modelos de onda (i.e. WAVEWATCH III) e hidrodinâmico (i.e. Delft3D, ROMS) operacionais. A validação, calibração e verificação dos resultados modelados será realizada com medidas in situ históricas, medidas em tempo real da boia do projeto SiMCosta, campanhas oceanográficas mensais e medidas de sensoriamento remoto. A partir de propriedades bio-óticas in situ – matéria orgânica dissolvida colorida (CDOM, colored dissolved organic matter), concentração de clorofila-a, retroespalhamento de luz – e imagens satelitais de cor do oceano, calibrar-se-á modelos bio-óticos para a criação de mapas sinóticos de concentração de clorofila-a e de grupos fitoplânctonicos (PFT, phytoplankton functional types). Utilizando-se as imagens dos sensores SeaWiFS e MODIS, construir-se-á uma serie temporal desde setembro de 1997 até o presente e verificar-se-á possíveis tendências e padrões de variabilidade entre dos parâmetros. Finalmente, desenvolver-se-á um modelo ecológico integrado para descrever a influência do mei 
  • Metodologia: Mineração de dados: No início da execução do projeto criar-se-á um banco de dados georreferenciado. Este banco de dados será alimentado com os dados históricos disponíveis tanto para variáveis hidrodinâmicas (i.e. batimetria, temperatura, salinidade, pressão, correntes, ventos) quanto para variáveis biológicas (i.e. concentração de clorofila-a, oxigênio dissolvido, nitrogênio, fósforo). Além de dados in situ, também utilizar-se-á dados de sensoriamento remoto como altura do nível do mar (i.e. Aviso), altura significativa de onda (i.e. GlobWave), temperatura da superfície do mar (i.e. AVHRR, MODIS), salinidade da superfície do mar (i.e. Aquarius), tensão de cisalhamento do vento (i.e. QuickSCAT) e cor do oceano (i.e. SeaWiFS, MODIS). O projeto também prevê a utilização de dados da boia do projeto SiMCosta e de campanhas oceanográficas mensais no interior do Canal de São Sebastião (i.e. perfis verticais de temperatura, salinidade, velocidade de corrente, concentração de clorofila-a, oxigênio dissolvido, nutrientes).
    Modelos de onda e hidrodinâmico: A dinâmica no interior do Canal de São Sebastião (CSS) e oceano adjacente recebe influência de eventos sobre a plataforma continental do Estado de São Paulo (PCSP). Por isso, implementar-se-á um modelo de ondas (i.e. WAVEWATCH III) sobre a PCSP forçado por dados de vento de reanálise (i.e. NCEP) ou  de estimativas dos campos de pressão atmosférica (i.e. CPTEC/INPE). A descrição da hidrodinâmica do Canal de São Sebastião e oceano adjacente será rea 
  • Etapas e cronograma: Mês 1—2: Criação banco de dados georreferenciados;
    Mês 2: Levantamento de dados históricos;
    Mês 3—12: Aquisição de dados in situ e de sensoriamento remoto;
    Mês 3—6: Implantação modelos de onda e hidrodinâmico;
    Mês 6—9: Calibração modelo bio-ótico;
    Mês 9—10: Distinção grupos fitoplânctônicos~(PFT);
    Mês 10—12: Implantação modelo ecológico;
    Mês 12: Análise tendências e correlações com climatolgia;
    Mês 12: Modelagem cenários mudanças climáticas;
    Mês 1—12: Revisão bibliográfica;
    Mês 12: Apresentação relatório final;
     
  • Palavras-chave: interações bio-físicas, modelagem numérica, sensoriamento remoto, ecologia, sistemas dinâmicos 
  • Condições ambientais: Nenhuma condição especial ;   
  • Área necessária no laboratório: — 
  • Equipamentos de laboratório: Boia SiMCosta, perfiladores de temperatura, salinidade, velicidade, chlorofila-a (i.e. CTD, ADCP). 
  • Será necessário: Utilização de embarcação do CEBIMar ;   

  • Outros serviços de laboratório: — 
  • Organismos a serem coletados: — 
  • Locais para coleta: 4 a 5 transectos no Canal de São Sebastião 
  • Tipos de resíduos químicos e/ou infectantes a serem gerados durante o projeto:  
  • Quantidade de cada tipo de resíduo:
  • Periodicidade aproximada da geração dos resíduo:
  • Instituição(ções) de origem do projeto:

    • USP. Centro de Biologia Marinha   
     
  • Participante(s) do projeto:

    Nenhum participante incluído.
     
  • Recurso(s) destinado(s) ao projeto:

    • Situação: Concedido 
    • Agência de fomento: Capes 
    • Tipo de recurso: Bolsa 
    • Especificar o tipo de recurso: bolsa de pos-doutorada 
    • Recursos em nome de: Sebastian Krieger 
    • Recursos destinados ao CEBIMar após o término do projeto: Não exstem materiais
       
     

    Produção(ões) bibliográfica(s) gerada(s) pelo projeto:

    Total de produções bibliográficas: 0


  • Data de cadastro do projeto: 08/08/2014  
  • Data da última modificação: 15/09/2014  
Joomla 1.6 Templates designed by Joomla Hosting Reviews