Projetos de pesquisa finalizados

Acesso a área restrita.

Entre para cadastrar ou atualizar seus projetos de pesquisa ou submeter novas solicitações de apoio a projetos.
Obter nova senha - Receber nome de usuário por e-mail - Criar uma conta

Projeto de pesquisa


  • Avifauna associada à baía do Araçá (costa sudeste do Brasil): composição, abundância, uso de habitat e relações tróficas.

     
  • Coordenador do projeto: Carmen Rossi Wongtschowski  
  • Autor ou executor principal do projeto: Patricia Luciano Mancini  
  • Número do projeto: 888  
  • Categoria: Pós-doutorado 
  • Data de início das atividades no CEBIMar: 11/07/2014  
  • Data de término das atividades no CEBIMar: 18/06/2015  
  • Resumo: O estado de São Paulo apresenta cerca de 600 km de litoral, com importantes áreas estuarinas; no entanto ainda há poucas informações quali-quantitativas da avifauna costeiro-marinha, especialmente em áreas sob intensa pressão antrópica, como a baía do Araçá, em São Sebastião. No âmbito do projeto temático BIOTA-FAPESP/Baía do Araçá, a presente proposta visa preencher essa lacuna de conhecimento, que se torna ainda mais relevante visto a eminência da expansão do Porto de São Sebastião, que ameaça diretamente a existência da Baía do Araçá. Neste projeto testaremos a hipótese de que os regimes de marés, sazonalidade e índices pluviométricos influenciam a riqueza, abundância, distribuição e uso do habitat das aves residentes e migratórias na Baía do Araçá. Desta forma, os objetivos desta proposta são: I. Avaliar a riqueza e abundância sazonal das espécies de aves através de censos realizados mensalmente ao longo de um ano; II. Estimar a biomassa total das aves que utilizam esta área, através de censos e estimativas de massa com base em espécimes de Museu e eventuais coletas de material; III. Registrar o uso do habitat e a distribuição espacial das aves dentro da baía; IV. Analisar a sobreposição de nicho trófico entre as espécies mais abundantes de aves e VI. Elaborar um livro/guia sobre as aves do Araçá juntamente com os principais organismos encontrados no local, como ferramenta de educação ambiental para alunos de escolas e comunidades da região.
     
  • Metodologia: 3.1. Censos e amostragens
     
    Os censos populacionais e amostragens serão realizados mensalmente, totalizando 12 campanhas no período de 1 ano, a fim de analisar a variação sazonal na riqueza e abundância das espécies de aves que utilizam a Baía do Araçá. Sempre que possível tais campanhas serão realizadas em conjunto com as campanhas de amostragens de peixes, que ocorrem a cada trimestre.
    Os censos populacionais serão conduzidos através de contagem direta dos indivíduos, segundo a metodologia descrita por Bibby et al. (1993), caminhando pela baía na maré baixa, nas bordas a pé ou utilizando uma canoa ou caiaque na maré alta, e desenvolver contagem a olho nu ou com auxílio de binóculo 10 x 50 mm. Nos casos de dúvida na identificação, as aves serão fotografadas e comparadas com os guias específicos (Harrison 1983, O’Brien et al. 2006, Sigrist 2013). O número médio de aves por estação do ano será adotado como uma medida padrão da abundância sazonal. Para analisar a variação circadiana na riqueza e abundância das espécies de aves, os censos serão conduzidos em três períodos (amanhecer: 6:00, tarde: 13:00 e anoitecer: 17:00) por pelo menos quatro dias em cada campanha. Os horários dos censos serão ajustados de acordo com horários de nascer e pôr do sol em cada estação do ano.
                Para as espécies de aves marinhas costeiras e limícolas mais abundantes serão capturadas com puçá ou rede-de-neblina (Branco et al. 2010).
     
  • Etapas e cronograma: Coleta de dados (idas a São Sebastião) - junho de 2014 a maio de 2015
    Análise dos dados de IE - maio de 2015 a agosto de 2015
    Análise dos dados de censos - junho de 2015 a agosto de 2015
    Elaboração de artigos - junho de 2015 a fevereiro de 2016
    Elaboração do relatório - abril de 2015 e fevereiro de 2016
     
  • Palavras-chave: aves, população, uso de habitat, Baía do Araçá, São Sebastião 
  • Condições ambientais: Maré baixa ;   
  • Área necessária no laboratório: Não será necessário o uso do laboratório durante a execução do projeto. 
  • Equipamentos de laboratório: Não será necessário. 
  • Outros serviços de laboratório: Não se aplica. 
  • Organismos a serem coletados: Não se aplica. 
  • Locais para coleta: O trabalho será realizado na baía do Araçá, mas a coleta de material biológico (sangue e penas) será realizada via captura e liberação das aves a conforme licença de captura. 
  • Tipos de resíduos químicos e/ou infectantes a serem gerados durante o projeto:  
  • Quantidade de cada tipo de resíduo:
  • Periodicidade aproximada da geração dos resíduo:
  • Instituição(ções) de origem do projeto:

    • USP. Museu de Zoologia   
     
  • Participante(s) do projeto:

    Nenhum participante incluído.
     
  • Recurso(s) destinado(s) ao projeto:

    • Situação: Concedido 
    • Agência de fomento: Fapespnão se aplica 
    • Tipo de recurso: Bolsa 
    • Especificar o tipo de recurso: não se aplica 
    • Recursos em nome de: Patricia Luciano Mancini 
    • Recursos destinados ao CEBIMar após o término do projeto: não se aplica
       
     

    Produção(ões) bibliográfica(s) gerada(s) pelo projeto:

    Total de produções bibliográficas: 0


  • Data de cadastro do projeto: 18/06/2014  
  • Data da última modificação: 15/09/2014  
Joomla 1.6 Templates designed by Joomla Hosting Reviews