Projetos de pesquisa em andamento

Acesso a área restrita.

Entre para cadastrar ou atualizar seus projetos de pesquisa ou submeter novas solicitações de apoio a projetos.
Obter nova senha - Receber nome de usuário por e-mail - Criar uma conta

Projeto de pesquisa


  • Genética de paisagens marinha e avaliação de perfis de expressão em invertebrados marinhos na costa Sudeste Brasileira

     
  • Coordenador do projeto: Sonia Andrade  
  • Autor ou executor principal do projeto: Sonia Andrade  
  • Número do projeto: 952  
  • Categoria: Outra categoria 
  • Outra categoria: Jovem Pesquisador (submetido) 
  • Data de início das atividades no CEBIMar: 12/12/2016  
  • Data de término das atividades no CEBIMar: 28/12/2018  
  • Resumo: Um dos grandes desafios na área de genética de paisagens é a compreensão o papel do espaço geográfico nas relações históricas entre populações e como essa interação se reflete na distribuição da variabilidade genética. Graças ao acúmulo de dados ambientais e das espécies, essa abordagem permite a compreensão da relação entre geografia, distribuição populacional e fluxo gênico.  O presente projeto tem como objetivo avaliar a distribuição da variabilidade genética e os padrões de conectividade em três espécies de invertebrados que habitam o costão rochoso ao longo da costa Sudeste do Brasil através da prospecção de locos de SNPs. A caracterização dessa variabilidade será realizada em conjunto com a obtenção de dados bióticos e abióticos e os resultados serão comparados aos obtidos por modelos de circulação oceânica para a região. Como essa variabilidade está distribuída em uma pequena escala será também avaliado de forma funcional na espécie de gastrópode Littoraria flava utilizando uma abordagem transcriptômica.Através das duas abordagens mencionadas será possível identificar genes com um papel importante na adaptação em diferentes escalas geográficas através da identificação de locos sob seleção.
     
     
  • Metodologia: Serão realizadas coletas em cinco sítios distribuídos ao longo de cerca de 1.650 km da costa Sudeste, dois pontos no Estado de São Paulo, dois no Rio de Janeiro e dois no Espírito Santo de forma hierárquica, cobrindo desde uma escala microgeográfica (de poucos metros) até uma escala de centenas de quilômetros. Uma coleta piloto irá determinar os sítios de acordo com a presença das espécies escolhidas. Em cada sítio serão feitos transectos no costão e amostras em três pontos serão coletadas ao longo do mesmo (metotodologia descrita em Andrade e Solferini, 2007). Serão amostrados de oito a 10 indivíduos de cada espécie. Os taxa citados são facilmente identificáveis e podem ser encontrados em um número relativamente abundante em áreas restritas do costão rochoso (obs. pessoais, Côrrea 1954, Santos 1974). As amostras de Littoraria flava para a análise do transcriptoma serão coletadas em duas das mesmas localidades do experimento de estruturação genética. Serão coletadas quatro amostras (consideradas como réplicas biológicas) em três pontos do transecto, um total de 24 amostras. Juntamente com a coleta das amostras para a análise genética serão tomadas medidas de temperatura da água e de cobertura de algas e outros invertebrados.
    Detalhe das análises  moleculares e estatísticas serão enviadas se requisitadas.
     
  • Etapas e cronograma: O projeto será executado em um prazo máximo de 4 anos (até janeiro de 2012). Apenas nos três primeiros anos será necessário o uso das instalações para processamento de coletas do Centro de Biologia Marinha-USP. As  principais etapas são:

    Compra de equipamentos e coletas piloto
    Coletas de amostras e dados de campo
    Processamento das amostras para o GBS
    Processamento das amostras para obter o transcriptoma
    Análise de dados de GBS
    Análise de dados de transcriptoma
    Análise dos dados do modelo de circulação oceânica
    Reunião com os pesquisadores colaboradores
    Redação de relatórios anuais
    Redação de manuscritos
     
     
  • Palavras-chave: genética de paisagens; distribuição micro e macrogeográfica; genômica populacional; expressão diferencial 
  • Condições ambientais: Maré baixa ;   
  • Área necessária no laboratório: Uma pequena bancada, de 1m2. 
  • Equipamentos de laboratório: Um estereomicroscópio.  
  • Outros serviços de laboratório: Não aplicável 
  • Organismos a serem coletados: Littoria flava (Mollusca), Nemertopsis bivittata e Tubulanus rhabdotus (Nemertea). Littoria só será coletada a partir de 2017, após obter a licença para coleta. Para os nemertinos, a equipe já possui  
  • Locais para coleta: A serem decididos, a princípio um ponto em São Sebastião e outro em Ubatuba 
  • Tipos de resíduos químicos e/ou infectantes a serem gerados durante o projeto: Nenhum, o processamento molecular será realizado no IB-USP e no laboratório de Genômica Funcional, ESALQ-USP. 
  • Quantidade de cada tipo de resíduo: Não aplicável
  • Periodicidade aproximada da geração dos resíduo: Não aplicável
  • Instituição(ções) de origem do projeto:

    • USP. Instituto de Biociências  Departamento de Genética e Biologia Evolutiva 
     
  • Participante(s) do projeto:

    • Nome: Cecili Mendes  
    • Função no projeto: Doutorando 
    • Início das atividades no projeto: 15/11/2016  
    • Fim das atividades no projeto: 15/12/2018  
     
  • Recurso(s) destinado(s) ao projeto:

    • Situação: Solicitado 
    • Agência de fomento: Fapesp 
    • Tipo de recurso: Outro tipo de recurso 
    • Especificar o tipo de recurso: Jovem Pesquisador 
    • Recursos em nome de: Sónia Cristina da Silva Andrade 
    • Situação: Concedido 
    • Agência de fomento: Fapesp 
    • Tipo de recurso: Bolsa 
    • Especificar o tipo de recurso: Bolsa de doutorado 
    • Recursos em nome de: Cecili Mendes 
     

    Produção(ões) bibliográfica(s) gerada(s) pelo projeto:

    Total de produções bibliográficas: 0


  • Data de cadastro do projeto: 16/11/2016  
  • Data da última modificação: 02/12/2016  
Joomla 1.6 Templates designed by Joomla Hosting Reviews