Projetos de pesquisa em andamento

Acesso a área restrita.

Entre para cadastrar ou atualizar seus projetos de pesquisa ou submeter novas solicitações de apoio a projetos.
Obter nova senha - Receber nome de usuário por e-mail - Criar uma conta

Projeto de pesquisa


  • Efeito do acúmulo de nanopartículas plásticas em ouriços-do-mar Lytechinus variegatus e Echinometra lucunter

     
  • Coordenador do projeto: José Roberto Machado Cunha da Silva  
  • Autor ou executor principal do projeto: José Roberto Machado Cunha da Silva  
  • Número do projeto: 940  
  • Categoria: Outra categoria 
  • Outra categoria: Convênio de pesquisa internacional 
  • Data de início das atividades no CEBIMar: 08/03/2016  
  • Data de término das atividades no CEBIMar: 31/12/2018  
  • Resumo: A recent study estimates that trillions of plastics are floating all over the oceans (Eriksen et al., 2014), representing one of the most important threats for marine ecosystems together with global warming and ocean acidification. Although Antarctica has been historically seen as pristine region, even this remote area could be reached by plastic debris crossing the Antarctic Polar Front. Macroplastics (> 1 cm) have been surveyed by sight in the Southern Ocean since 1980s (Ivar do Sul et al., 2011) and despite the low densities, their effective presence and high persistence (Barnes et al., 2009) mightpose a serious concern for these fragile marine ecosystems. Up to date, no information is available on micro (<5mm) and nanoplastics (<100nm) in Antarctica resulting from weathering and fragmentation processes of macrodebris despite the presence of microplastics around Australia and the remote Southern Ocean Island of South Georgia have been recently reported (Reisser et al., 2013). Smaller plastic pieces including nanoplastics can be easily ingested and accumulated by small invertebrates, leading to trophic transfer (Boerger et al., 2010; Cole et al., 2013) and then reaching top-predators (e.g. fishes and penguins). Sunspension feeders as well as bottom grazer, which occupy a large portion of Antarctica biodiversity (Brey et al., 1995), are the primary biological targets of micro and nanoplastics, being exposed both to polymeric beads in suspension and to the fraction in sediments (Matranga and Corsi, 2012; Manzo et al., 2013; Della Torre et al., 2014). Considering that Antarctic marine ecosystems are characterised by an extremely short trophic web, small perturbations at the lower trophic levels can heavily affect the whole ecosystems.
     
  • Metodologia: Based on the current experience of the UNISI-DSFTA RU1 on nanoparticles impact on marine biota including nanoplastics and in collaboration with the Brazilian partners of UNISP who performed extensive studies on Antarctic invertebrates species and their responses to environmental disturbance, several in vivo exposure experiments will be performed jointly both during the Brazilian Antarctic expedition ( year 1) and on available facilities in Brazil (RU3) and Italy (RU1 and RU2)(year 2). Micro and nanoplastics uptake, bioaccumulation and toxicity (i.e. mechanisms) will be thus investigated by using both molecular and cellular tools (details in section 1.7) using Antarctic filter feeders (krill) and botton grazer.
    Parallel experiments (year 2) will be performed using tropical and Mediterranean species of the same trophic level as for instance the sea urchin Lytechinus variegates or Echinometra lucunter at the CEBIMar facility, the Marine Biology Center of the University of São Paulo UNISP (Brazil) (RU3) and with Paracentrotus lividus at the aquarium facility of the UNISI DSFTA (Italy) (RU2).
    Mesocosms in vivo experiments will be also performed at facilities available at IAMC CNR (Italy) (RU2) where a trophic web will be used (including bacteria, zooplankton, sea urchin and fish) meant to represent a more realistic exposure scenarios in which fate, bioaccumulation and toxicity of model micro and nanoplastics will be investigated.
     
  • Etapas e cronograma: Março - abril de 2016, coleta do material e realização dos experimentos.
    Maio, processamento no campus Butantan da USP.
    O projeto tem término previsto para dezembro de 2018, mas por enquanto, só há previsão de uma estadia no CEBIMar em março/abril de 2016. Se houver necessidade de outras estadias, serão nos mesmos moldes da solicitada para março/abril de 2016 e avisaremos com antecedência.
     
  • Palavras-chave: microplástico, ouriço do mar, Lytechinus, Echinometra. 
  • Condições ambientais: Nenhuma condição especial ;   
  • Área necessária no laboratório: Uma pequena bancada para manipulação dos animais e o uso de um microscópio de fluorescência. 
  • Equipamentos de laboratório: Microscópio de fluorescência com contraste de fase. 
  • Será necessário: Utilização de embarcação do CEBIMar ;   

  • Outros serviços de laboratório: Espaço no biotério para manutenção dos ouriços experimentais com água corrente. 
  • Organismos a serem coletados: Lytechinus variegatus e Echinometra lucunter e alguns filtradores bentônicos 
  • Locais para coleta: Canal de São Sebastião. 
  • Tipos de resíduos químicos e/ou infectantes a serem gerados durante o projeto: Fixadores, paraformoldeído e glutaraldeído. 
  • Quantidade de cada tipo de resíduo: Cerca de 1 litro de cadas
  • Periodicidade aproximada da geração dos resíduo: Durante o processamento das amostras em abril de 2016.
  • Instituição(ções) de origem do projeto:

    • Outra instituição  Universidade de Sienna 
    • USP. Instituto de Ciências Biomédicas  Universidade de Sienna 
     
  • Participante(s) do projeto:

    • Nome: Andrews Krupinski Emerenciano  
    • Função no projeto: Outra função 
    • Início das atividades no projeto: 10/03/2016  
    • Fim das atividades no projeto: 15/05/2016  
    • Nome: Elisa Bergami  
    • Função no projeto: Outra função 
    • Início das atividades no projeto: 10/03/2016  
    • Fim das atividades no projeto: 15/05/2016  
    • Observações: Doutoranda pela Universidade de Sienna, orientadora profa. Dra. Ilaria Corsi.
       
    • Nome: Ilaria Corsi  
    • Função no projeto: Outra função 
    • Início das atividades no projeto: 10/03/2016  
    • Fim das atividades no projeto: 15/05/2016  
    • Observações: Orientadora da aluna Elisa Bergami, Universidade de Sienna.
       
    • Nome: João Carlos Shimada Borges  
    • Função no projeto: Outra função 
    • Início das atividades no projeto: 10/03/2016  
    • Fim das atividades no projeto: 15/05/2016  
    • Nome: Luciana Machado Dzik  
    • Função no projeto: Outra função 
    • Início das atividades no projeto: 10/03/2016  
    • Fim das atividades no projeto: 15/05/2016  
     
  • Recurso(s) destinado(s) ao projeto:

    • Situação: Concedido 
    • Agência de fomento: CNPq 
    • Tipo de recurso: Escolha o tipo de recurso 
    • Especificar o tipo de recurso: Processo: 407904/2013-1 - Projeto: ISOLAMENTO E COMPARAÇÃO DOS EQUINOCROMOS DOS OURIÇOS TROPICAL Lytechinus variegatus (Lamark, 1816) E ANTÁRTICO Sterechinus neumayeri (Meissner, 1900) SUAS POTENCIAIS APLICAÇÕES FARMACOLÓGICAS E TERAPÉUTICAS 
    • Recursos em nome de: José Roberto Machado Cunha da Silva 
    • Recursos destinados ao CEBIMar após o término do projeto: Agradecimentos em todas as publicações e uma eterna gratidão.....
       
     

    Produção(ões) bibliográfica(s) gerada(s) pelo projeto:

    Total de produções bibliográficas: 0


  • Data de cadastro do projeto: 26/02/2016  
  • Data da última modificação: 15/04/2016  
Joomla 1.6 Templates designed by Joomla Hosting Reviews