Projetos de pesquisa em andamento

Acesso a área restrita.

Entre para cadastrar ou atualizar seus projetos de pesquisa ou submeter novas solicitações de apoio a projetos.
Obter nova senha - Receber nome de usuário por e-mail - Criar uma conta

Projeto de pesquisa


  • Avaliação da interação coral-alga em sistemas recifais entre a ESEC Tupinambás em Alcatrazes e a região costeira adjacente considerando o efeito da herbivoria e da predação sobre recrutas bentônicos

     
  • Coordenador do projeto: Gustavo Muniz Dias  
  • Autor ou executor principal do projeto: Sergio Augusto Coelho de Souza  
  • Número do projeto: 920  
  • Categoria: Pós-doutorado 
  • Data de início das atividades no CEBIMar: 05/05/2015  
  • Data de término das atividades no CEBIMar: 30/04/2018  
  • Resumo:  
    Os ambientes recifais estão ameaçados por diversos impactos antrópicos, incluindo a eutrofização e a sobrepesca. Esses impactos alteram a composição da comunidade bentônica ao favorecer o crescimento de algas, prejudicando as espécies de corais e causando desequilíbrio nessa interação. No litoral norte de São Paulo, observa-se o predomínio de algas sobre corais e a exceção é o arquipélago de Alcatrazes, local que apresenta grande abundância de corais e peixes herbívoros recifais. A presente proposta visa investigar quão diferente é Alcatrazes em relação à area costeira adjacente, ao monitorar a comunidade bentônica (séssil e vágil) ao longo do gradiente entre essas duas localidades. A hipótese a ser testada é que o menor impacto da eutrofização costeira e a conservação das populações de herbívoros regulam o crescimento das algas em Alcatrazes. Através da análise de isótopos estáveis, o fluxo trófico entre produtores, detritos e seus respectivos consumidores será estabelecido nas diferentes localidades. A hipótese supra-citada será testada através de experimentos de campo excluindo potenciais consumidores (peixes e ouriços). Para verificar se a dominância por algas e corais influenciam no estabelecimento da comunidade bentônica, também serão realizados experimentos em campo sobre recrutamento ao longo do gradiente e o efeito da predação nesse estágio inicial de colonização do substrato. 
     
  • Metodologia: O projeto consistirá de tr6es etapas: mapeamento, monitoramento e experimentos de exclusao. O mapeamento consistirá em mergulhos autônomos em locais situados entra a costa e Alcatrazes onde se medirá a dominância relativa de algas e corais e a abundância de ouriços, peixes e micro-predadores bentônicos. A partir do mapeamento, 2 costoes em 4 locais situados no gradiente costa-Alcatrazes (por exemplo, costa/ilha de toque-toque, Ilha Bela, Ilha de Búzios, Alcatrazes) serao monitorados durante um ano medindo-se as mesmas variáveis citadas. Durante o período de primavera e verao, serao realizados experimentos de exclusao de herbívoros e de predadores de recrutas bentônicos.
    A divulgaçao será feita através dop Clube de Ciências. O coordenador ministrou um curso de Ensino de Ecologia no Pátio da Escola em 2012 que resultou no Clube de Ciências que acontece todas as quartas (entre 13 e 15h) na Escola Municipal Luiza Helena de Barros em parceria com o CEBIMAR/USP. Dessa forma, trabalhamos conceitos ecológicos em biologia marinha e discutimos a importância da conservação da biodiversidade para a manutenção dos serviços e funcionamento dos ecossistemas marinhos através de indagações científicas. Assim, o coordenador se compromete a divulgar a presente proposta com os alunos e professores do ensino municipal na busca de multiplicadores na divulgação das pesquisas em ecologia marinha. Um dos focos dessa divulgação será o ICMBio.
     
     
     
  • Etapas e cronograma: A proposta de trabalho foi dividida dentro dos dois anos de projeto em função do mapeamento, do monitoramento e dos experimentos. Assim, os três primeiros meses de execução serão voltados na observação de diversos costões entre a costa e Alcatrazes e na definição dos locais à serem monitorados e onde ocorrerão os experimentos. Paralelamente, aproveiterei esse período para confeccionar e testar as estruturas que serão utilizadas para as experimentações. Para o monitorimento, visitaremos os costões escolhidos trimestralmente, e, paralelamente, faremos os experimentos de exclusão durante 6 meses (entre outubro e março), no período de primavera/verão acompanhando o crescimento algal. As amostras para as análises de isótopos estáves serão coletadas durante o monitoramento e processadas entre as amostragens. Quando finalizadas, as mesmas serão enviadas para empresa especializada onde as análises serão terceirizadas. 
     
  • Palavras-chave: alga, coral, herbivoria, predaçao, efeitos indiretos  
  • Condições ambientais: Água clara ;   
  • Área necessária no laboratório: Uma pequena bancada: apenas para a montagem de gaiolas de campo e para preparaçao das amostras para pesagem e uso de frono mufla e para análise de isótopos.  
  • Equipamentos de laboratório: Balança, forno mufla e turner aquafluor  
  • Será necessário: Colocação ou fundeio de alguma estrutura no mar ;  Utilização de embarcação do CEBIMar ;   

  • Outros serviços de laboratório: Para pesagem e montagem de gaiolas  
  • Organismos a serem coletados: Algas, ouriços e peixes  
  • Locais para coleta: Entre a costa e Alcatrazes  
  • Tipos de resíduos químicos e/ou infectantes a serem gerados durante o projeto: nenhum 
  • Quantidade de cada tipo de resíduo: nenhum
  • Periodicidade aproximada da geração dos resíduo: nenhuma
  • Instituição(ções) de origem do projeto:

    • Outra instituição  Universidade Federal do ABC 
     
  • Participante(s) do projeto:

    • Nome: Aurea Maria Ciotti  
    • Função no projeto: Outra função 
    • Início das atividades no projeto: 05/05/2015  
    • Fim das atividades no projeto: 30/04/2018  
    • Nome: Luciano Douglas dos Santos Abel  
    • Função no projeto: Outra função 
    • Início das atividades no projeto: 05/05/2015  
    • Fim das atividades no projeto: 30/04/2018  
    • Nome: María Soledad López  
    • Função no projeto: Outra função 
    • Início das atividades no projeto: 05/05/2015  
    • Fim das atividades no projeto: 30/04/2018  
     
  • Recurso(s) destinado(s) ao projeto:

    • Situação: Concedido 
    • Agência de fomento: Fapesp 
    • Tipo de recurso: Bolsa 
    • Especificar o tipo de recurso: Bolsa de Pós-Doutorado 
    • Recursos em nome de: Sergio Augusto Coelho de Souza 
    • Recursos destinados ao CEBIMar após o término do projeto: Não esta previsto a compra de equipamentos
       
     

    Produção(ões) bibliográfica(s) gerada(s) pelo projeto:

    Total de produções bibliográficas: 0


  • Data de cadastro do projeto: 03/05/2015  
  • Data da última modificação: 23/06/2015  
Joomla 1.6 Templates designed by Joomla Hosting Reviews