Projetos de pesquisa em andamento

Acesso a área restrita.

Entre para cadastrar ou atualizar seus projetos de pesquisa ou submeter novas solicitações de apoio a projetos.
Obter nova senha - Receber nome de usuário por e-mail - Criar uma conta

Projeto de pesquisa


  • O cotransportador Na+,K+,2Cl- e a secreção de cloreto branquial em camarões Palaemonidae (Decapoda, Crustacea): padrões moleculares, fisiológicos e evolutivos.

     
  • Coordenador do projeto: John Campbell McNamara  
  • Autor ou executor principal do projeto: Anieli Cristina Maraschi  
  • Número do projeto: 891  
  • Categoria: Doutorado 
  • Data de início das atividades no CEBIMar: 01/01/2015  
  • Data de término das atividades no CEBIMar: 31/12/2017  
  • Resumo: A família Palaemonidae reúne representantes de ambientes osmóticos dos mais variados. Esses desafios impostos pelo ambiente são compensados fisiologicamente, proporcionando a homeostase hidroeletrolítica do meio interno. Nos ionócitos branquiais encontram-se transportadores que efetuam o movimento transepitelial de íons. O cotransportador Na+, K+, 2Cl- (NKCC) tem um papel notável na captação e na secreção de sal. No presente projeto, caracterizar-se-á o papel do NKCC branquial em várias espécies de camarões palemonídeos dos gêneros Macrobrachium, Palaemon e Palaemonetes, através do efeito da exposição a diferentes salinidades sobre a osmolalidade e concentração de Cl- da hemolinfa, bem como da expressão quantitativa gênica e proteica, e a localização do NKCC. Diante disso, examinar-se-ão as hipóteses de um efeito da salinidade na evolução da osmorregulação e na expressão gênica e protéica do NKCC, e da existência de um padrão filogenético nesses parâmetros.
     
  • Metodologia: As espécies a serem coletadas no município de São Sebastião (Litoral Norte, São Paulo) serão Macrobrachium acanthurus Wiegmann 1836, Macrobrachium olfersi Wiegmann 1836, Macrobrachium potiuna Muller 1880, Macrobrachium heterochirus Wiegmann 1836, Palaemon northropi Rankin 1898 e Palaemonetes argentinus Nobili 1901. Após serem coligidos, os animais serão transportados em caixas plásticas com aeração constante até o CEBIMar, São Sebastião, São Paulo. Os espécimes serão mantidos em tanques ou aquários de 60 litros com aeração constante, e salinidade e temperatura similar às condições naturais durante cinco dias. Os animais serão alimentados em dias alternados com peixe fresco, anterior ao período experimental. Após a aclimatização, as espécies serão submetidas ao teste de sobrevivência, durante cinco dias, para definir a curva de mortalidade e detectar CL50 (Concentração Letal de salinidade em que há 50% de sobrevivência) em salinidades elevadas. Após definida a CL50 os espécimes serão então submetidos ao meios experimentais hipo-, iso-, ou hiper-osmóticas, definidos por 80% do valor da salinidade CL50, durante períodos de 1 dia e 5 dias. Em seguida, os animais serão anestesiados em gelo durante aproximadamente 5 minutos para posterior retirada da hemolinfa e das brânquias. O material retirado para biologia molecular deverá ser preparado previamente em laboratório próprio, qual contenha uma bancada e uma capela para homogeneização do material em trizol. O material retirado será transportado em gelo seco para o Laboratório de Fisiologia de Crustáceos, Ribeirão Preto, São Paulo, para processamento das amo 
  • Etapas e cronograma: Coleta dos exemplares: 
    2015: Meses de Maio - Junho - Setembro - Outubro - Novembro
    2016: Meses de Janeiro - Fevereiro - Março - Novembro
    2017: Meses de Janeiro - Fevereiro - Março
     
    A previsão de coleta é de uma espécie por vez. Devido ao tamanho diminuto dos animais e necessidade de grande quantidade de tecido, além da dificuldade na realização de algumas técnicas, algumas espécies terão que ser coletadas mais de uma vez, por isso mais meses serão necessários. Elas serão mantidas em tanques em laboratório durante cinco dias para posterior realização do teste de mortalidade e determinação da CL50, com duração de aproximadamente 5 dias. Então serão submetidas a condição experimental (80% da LC50) durante períodos de 1 e 5 dias. Após retirada do material o mesmo será transportado até o laboratório de fisiologia de crustáceos em Ribeirão Preto, São Paulo. Portanto a utilização do espaço do CEBIMar será feita apenas durante a manutenção dos animais e realização dos experimentos, no tempo estimado de 15 dias. A montagem e desmontagem de aquários e sistema de aeração será realizada a cada coleta. Após a determinação da curva de mortalidade as demais coletas e permanência no CEBIMar terão duração de 10 dias (5 dias para aclimatização e 5 dias para experimentação).
     
  • Palavras-chave: Osmorregulação; Transporte iônico; simportador Na+/K+/2Cl-; brânquia, camarão 
  • Condições ambientais: Maré baixa ;   
  • Área necessária no laboratório: Uma sala ou laboratório com aquários e aeradores para experimentação e bancada para dissecção e preparo das amostras. Acesso a uma sala de preparação para biologia molecular, com uma bancada e capela. 
  • Equipamentos de laboratório: Aquários, filtros, sistema de aeração dos aquários, capela. 
  • Será necessário: Montagem de alguma estrutura (estantes, aquários etc) ;  Auxílio técnico para coleta de organismos ou observações de campo ;  Utilização de embarcação do CEBIMar ;   

  • Outros serviços de laboratório: Nenhum outro serviço. 
  • Organismos a serem coletados: Macrobrachium acanthurus, Macrobrachium olfersi, Macrobrachium potiuna, Macrobrachium heterochirus, Palaemon northropi e Palaemonetes argentinus. 
  • Locais para coleta: São Sebastião (Guaecá, Calhetas, Barequeçaba) 
  • Tipos de resíduos químicos e/ou infectantes a serem gerados durante o projeto:  
  • Quantidade de cada tipo de resíduo:
  • Periodicidade aproximada da geração dos resíduo:
  • Instituição(ções) de origem do projeto:

    • USP. Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto   
     
  • Participante(s) do projeto:

    Nenhum participante incluído.
     
  • Recurso(s) destinado(s) ao projeto:

    • Situação: Concedido 
    • Agência de fomento: Fapesp 
    • Tipo de recurso: Bolsa 
    • Especificar o tipo de recurso: Reserva técnica de bolsa de doutorado 
    • Recursos em nome de: Anieli Cristina Maraschi 
    • Recursos destinados ao CEBIMar após o término do projeto: Nenhum recurso.
       
    • Situação: Concedido 
    • Agência de fomento: CNPq 
    • Tipo de recurso: Outro tipo de recurso 
    • Especificar o tipo de recurso: Recurso de bolsa de pesquisa 1C do CNPq 
    • Recursos em nome de: John Campbell McNamara 
    • Recursos destinados ao CEBIMar após o término do projeto: Nenhum recurso
       
    • Situação: Solicitado 
    • Agência de fomento: Fapesp 
    • Tipo de recurso: Auxílio á pesquisa 
    • Especificar o tipo de recurso: Auxílio regular individual à pesquisa 
    • Recursos em nome de: John Campbell McNamara 
    • Recursos destinados ao CEBIMar após o término do projeto: Nenhum recurso
       
    • Situação: Solicitado 
    • Agência de fomento: CNPq 
    • Tipo de recurso: Auxílio á pesquisa 
    • Especificar o tipo de recurso: Auxílio universal 2014 do CNPq 
    • Recursos em nome de: John Campbell McNamara 
    • Recursos destinados ao CEBIMar após o término do projeto: Nenhum recurso
       
     

    Produção(ões) bibliográfica(s) gerada(s) pelo projeto:

    Total de produções bibliográficas: 0


  • Data de cadastro do projeto: 16/07/2014  
  • Data da última modificação: 23/06/2015  
Joomla 1.6 Templates designed by Joomla Hosting Reviews