Projetos de pesquisa em andamento

Acesso a área restrita.

Entre para cadastrar ou atualizar seus projetos de pesquisa ou submeter novas solicitações de apoio a projetos.
Obter nova senha - Receber nome de usuário por e-mail - Criar uma conta

Projeto de pesquisa


  • Análise da compatibilidade sexual e do comportamento de corte entre populações do complexo Anastrepha fraterculus (Diptera: Tephritidae) do Brasil visando a resolução de espécies crípt

     
  • Coordenador do projeto: Iara Sordi Joachim Bravo  
  • Autor ou executor principal do projeto: Iara Sordi Joachim Bravo  
  • Número do projeto: 856  
  • Categoria: Outra categoria 
  • Outra categoria: Projeto em rede internacional 
  • Data de início das atividades no CEBIMar: 17/11/2014  
  • Data de término das atividades no CEBIMar: 30/04/2018  
  • Resumo:  
    Este projeto faz parte de um projeto internacional financiado pela IAEA/FAO/ONU que visa a resolução de espécies crípticas de moscas-das-frutas da família Tephritidae - pragas da fruticultura - com o objetivo de implantar a técnica do inseto estéril (TIE) como método de controle. Esta técnica consiste em liberar machos estéreis no campo para que acasalem com as fêmeas causando a redução progressiva da população. No Brasil, a espécie Anastrepha fraterculus, acarreta danos à fruticultura do País na ordem de milhares de dólares. Ela é aparentemente um conjunto de espécies crípticas, sendo que para o Brasil há três morfotipos descritos. Este projeto tem o objetivo de avaliar a compatibilidade pré e pós zigótica, bem como, o comportamento de corte desses três morfotipos visando definir melhor o status taxonômico do grupo. A relevância deste estudo para a TIE é que para o sucesso da mesma os acasalamentos (estéreis x selvagens) devem ser entre populações sexualmente compatíveis. 
     
  • Metodologia: A solicitação de apoio do CEBIMar para este projeto é justificada pelo fato de que dos três diferentes morfotipos descritos para esta espécie, um deles (sp3) só foi encontrado especificamente na região de São Sebastião (SP) em coletas feitas próximas à área do CEBIMar e na cidade de São Sebastião.
    Desse modo, existe a necessidade de realizarmos novas coletas nessa região para tentarmos encontrar este morfotipo para que os testes de compatibilidade sexual envolvendo o referido morfotipo possam ser realizados.
    A metodologia de coleta dos espécimes envolve a simples coleta de frutos da família Myrtaceae (goiaba por exemplo) e de frutos de amendoeira (Terminália cattapa), uma árvore ornamental muito comum em cidades litorâneas, que podem estar infestados com as larvas desta espécie. Após a coleta dos frutos (da árvore ou de frutos recém caídos no chão), os frutos são limpos e acondicionados em caixas para o transporte, no caso da volta imediata do coletor. No caso de uma volta não imediata, os frutos limpos são acondicionados em bandejas contendo vermiculita. As bandejas são cobertas com voal preto e podem ficar em local aberto desde que coberto.
    O suporte necessário solicitado é em relação à permissão para co
     
  • Etapas e cronograma: - As coletas devem ocorrer entre os meses de novembro/13 e abril/14 de modo esporádico, a depender da época de frutificação e maior oferta de frutos.
    -Cada coleta deve envolver um período mínimo de 02 dias e máximo de 15 dias.
    - O número de coletas a serem realizadas dependerá do sucesso na obtenção do número de espécimes requerido para a manutenção de uma criação em laboratório (que será estabelecida no laboratório do Instituto de Biologia da Universidade Federal da Bahia).
     
  • Palavras-chave: frutos, moscas-das-frutas, espécies crípticas  
  • Área necessária no laboratório: -Área com bancada (ou estante) para suporte de bandejas com os frutos e área para lavagem dos frutos e material de coleta. 
  • Equipamentos de laboratório: Não será necessário nenhum equipamento de laboratório. 
  • Outros serviços de laboratório: - Acompanhamento inicial para que o coletor possa ter um breve conhecimento da área do CEBIMar e para localização de fruteiras.  
  • Organismos a serem coletados: Frutos de diferentes espécies de árvores frutíferas,com ênfase especial nas espécies de Myrtaceae e da espécie Terminalia cattapa. 
  • Locais para coleta: Áreas do CEBIOMar + entorno e áreas urbanas contendo árvores frutíferas. 
  • Tipos de resíduos químicos e/ou infectantes a serem gerados durante o projeto:  
  • Quantidade de cada tipo de resíduo:
  • Periodicidade aproximada da geração dos resíduo:
  • Instituição(ções) de origem do projeto:

    • Outra instituição  Universidade Federal da Bahia 
    • Outra instituição  EMBRAPA -semiárido 
     
  • Participante(s) do projeto:

    • Nome: Alzira Kelly Passos Roriz  
    • Função no projeto: Doutorando 
    • Início das atividades no projeto: 18/11/2014  
    • Fim das atividades no projeto: 30/04/2018  
    • Observações: A doutoranda Alzira Kelly Passos Roriz será uma das pessoas responsáveis pelas coletas dos frutos.
       
    • Nome: Inajara Viana Gomes Lima  
    • Função no projeto: Estagiário 
    • Início das atividades no projeto: 07/01/2015  
    • Fim das atividades no projeto: 30/04/2018  
     
  • Recurso(s) destinado(s) ao projeto:

    • Situação: Concedido 
    • Agência de fomento: Outra agência. Projeto financiado com recursos da IAEA/FAO/Onu 
    • Tipo de recurso: Auxílio á pesquisa 
    • Especificar o tipo de recurso: Financiamento de seis mil euros ao ano. 
    • Recursos em nome de: Iara Sordi Joachim Bravo 
    • Recursos destinados ao CEBIMar após o término do projeto: nada a declarar
       
     

    Produção(ões) bibliográfica(s) gerada(s) pelo projeto:

    Total de produções bibliográficas: 0


  • Data de cadastro do projeto: 23/10/2013  
  • Data da última modificação: 11/11/2014  
Joomla 1.6 Templates designed by Joomla Hosting Reviews